11 abril, 2015

Imposição



O ser humano tem mania de impôr "coisas" uns para os outros (caso contrário você não tem sucesso). Acho isso tão feio e desnecessário. Cada um vive a sua vida da maneira que quer, ninguém é obrigada a deixar de ser feliz ou mexer no seu cronograma só para agradar a outrem. 

Temos que aprender a respeitar nossos próprios limites, quem dirá o dos outros.

Sucesso é uma palavra muito relativa. O que é sucesso para mim pode não ser para você, mas é "tal coisa" que me faz feliz. Porém, a falta de respeito e educação pela vida alheia só perturba àqueles que não tiveram coragem de dizer um não bem grande na cara da sociedade e assumir: Das rédeas da minha vida cuido eu, a vida é minha pô!
Excesso de fracasso alheio dá nisso, nas cobranças daqueles que já tem obtido sucesso.
Uma mente aberta e evoluída de fato, não se deixa levar mais por muitas coisas, não engole, cria opinião. Se não gostou, sinto muito. Além do mais, para quê ficar agradando a quem sempre vai querer te ver no chão? 

Hoje em dia, são pouca as pessoas em que podemos confiar, a humanidade tem se tornado muito egoísta e individualista, fazendo-a se sentir no direito de intromissão à vida alheia.
Direito esse que não deve se criar, se antes a fofoca, o disse me disse já existia, imagine agora, com essa era digital.
No entanto, só se deixa abater quem realmente não sabe colocar elas em seus devidos lugares; e para isso não é preciso usar de violência verbal ou física, nem nenhum tipo de baixaria como temos observado muito nas redes. Basta apenas não tolerar!
E como é possível fazer isso sem se manifestar?
"Deixando estar", "fingindo que não viu", ou com outras palavras, ignorar mesmo.
Não vale a pena gastar tempo, se cansar, com pessoas que nada sabem de sua luta, de sua estrada, de suas conquistas.
Só Deus e você mesmo é capaz de se definir, nada mais. Só é de você que depende o teu sucesso, a tua chegada rumo aos sonhos de sua vida (teus sonhos, não dos outros).
A vida é muito curta para ser desperdiçada com coisas que não lhe fazem feliz, sua felicidade deve ser sua prioridade, sem imposições dos outros, mas sim, sua.
Você é quem sabe o que te faz rir, o que te faz ter uma razão maior para levantar da cama e batalhar.
Não adianta querer guerrear por algo que não lhe traz emoções, só porque a definição de sucesso tem sido rotulado por uma massa limitada.
Definir sucesso nos dias atuais são somente para os tolos. Uns acham que seguir uma carreira é sucesso, outros construir uma família, e para você? O que te faz feliz? Então, é justamente aquilo que te faz feliz, os sonhos que te empurram diariamente para a luta é que será teu sucesso, e cá entre nós, isso não vem ao caso para aqueles que tentam apagar o riso do seu rosto.

06 abril, 2015

Levemente


Hoje, eu aprendi a levar minha vida mais levemente, não me preocupar com pessoas que falam mal de mim, ou simplesmente não me engolem de jeito nenhum. Já fui daquelas de parar para argumentar comigo mesma do porquê dessa gente arrumar tantas discórdia, pelo simples fato de não fazermos o que elas desejam ou sermos com elas querem que sejamos. Uma coisa aprendi, ah, não vale a pena tentar entender! O que vale é aprender, aprender principalmente a concluir que cada vez mais que usarmos nossa PRÓPRIA PELE, mas incomodaremos. Daí, você se pergunta, será que o disse me disse para se você for como eles querem? Acho que não, né? Então seja você, faça o que você quer, descubra seu talento, seja altruísta em teus sonhos, idealize seu futuro como se fosse durar para sempre. Porque as más línguas não podemos parar, mas a nossa vida nós podemos encaminhar a um destino mais bonito, e fazer de nosso dia a dia, mesmo com todas as adversidades enfrentadas, mas colorido possível. Afinal, não há felicidade mais bem vivida do que só cuidar da sua vida!