Sim, eu sou Cristã!


"Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo – a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens – não provém do Pai, mas do mundo. O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre."

1 João 2.15-17

Sim, sou cristã! E às vezes me pego muitas vezes desviando assuntos sobre Deus e Sua magnitude por medo de ser "rejeitada" pelo mundo. Mas, hoje, Deus me fez ver que o nosso coração não pode estar divido entre o mundo e Deus.

Minha vida de cristã foi desde que me entendo por gente. Sempre orei a Deus e estive perto dEle desde que comecei a criar uma noção de consciência. Errei, como todos erramos. Pedi perdão. Estive perdida por muito tempo, mas agora me reencontrei em Cristo. Não sou santa e nem nunca serei. Não tenho direitos de julgamentos, assim como nenhum outro ser humano tem.
Não tenho preconceitos quanto à crenças ou modo de vida! Mas, sei que Deus me levantou para a Sua Glória e não a minha. Obedeço os conceitos bíblicos e não doutrinas do homem.
Não estou aqui para apontar e sim buscar amar e compreender ao próximo, mesmo que muitas vezes isso pareça difícil.
Estou aqui para concertar cada um dos meus caminhos tortuosos, que um dia desvinculando-me de Deus, permiti que ocorresse em minha vida.
Não posso oferecer uma amizade, se não me conheces de verdade. Então, essa sou eu, cristã, não religiosa. Temente somente a Deus e não à Igreja (porém, respeito os princípios das mesmas).
Quem quiser permanecer como meu amigo, eu abraço fortemente e acolho com muito carinho. Os que me tratam e tratarem com indiferença, acolho do mesmo jeito; e os que não suportam minha decisão de vida e pretendem argumentos todas às vezes em que eu postar sobre a minha fé aqui, eu peço, encarecidamente respeito, assim como eu vos faço a todos. E se partires, não serei eu que os jugarei.
Também já fui embora da vida de muitos que percebi que ali não haviam espaço para mim (aturavam-me por educação), ninguém é obrigado a me aturar (aturar minhas opiniões) por meus princípios, crença, modo de vida e opiniões.
A maior parte dos meus textos, pelas quais vocês se identificam são inspirados em minhas orações, leituras bíblicas e conversas com Deus. E sinto o quanto tenho mudado para melhor, cada vez que me aproximo mais dEle.
O meu maior desejo, (que fora perdido sim, por um tempo, porém, várias vezes me fez recuar para o bem, por saber o quão tola fui em diversas atitudes) é ajudar as pessoas. Mesmo que pela escrita, mesmo que por uma oração ou o que estiver ao meu alcance.
Já tive e tenho sentimentos humanos como raiva, frustrações, falta de fé e diversos outros sentimentos que em nada ajudam. No entanto, o problema das pessoas é acharem que os que temem a Deus não podem errar de nenhuma maneira e nem opinar em situações que não são abordados os temas centrais, que seria Deus e tudo que Nele estão envolvidos. Enganam-se! Minha crença não me separa daquilo que apoio e acredito, desde que seja lícito aos olhos de Deus, não vejo motivos de deixar de viver uma vida natural como de todos (mesmo que muitos afirmam que viver para Deus, não é viver naturalmente, não é ter uma cabeça abrangente e suficientemente aberta para o que vier ser opinado e contestado diante de todas as notícias, estudos e trabalhos que não envolvam conceitos religiosos). Afinal, o mundo é para todos, opiniões divergentes são naturais. A todo tempo tentamos nos conhecer mais e nos aprofundarmos em uma ideologia que nos traga paz, eu não sou e nunca fui contra isso.
E quanto ao seus livros Agatha?
Somente quem leu, sabe que me mantive fiel àquilo que acredito. E espero de coração que ele venha fazer um efeito muito bom para a vida de todos. Como o meu próprio editor já havia dito: - Seu livro é edificante!
E isso automaticamente me deixou muito feliz.
Por fim, eu, Agatha, ainda tenho tanto a aprender. Nada sei de fato, a cada dia que estudo, pesquiso, escrevo percebo o quanto preciso evoluir em todos os aspectos. Evolução é um estado que demora chegar ao seu extremo. Portanto, minha fé em Deus não interfere em minha vida social, pelo contrário, ajuda até.
Esteriótipos que criam sobre uma pessoa que crê em uma força excelsa não passa de ignorância.
Todos nós estamos aqui para aprender com nossos erros e permanecer felizes com os nossos acertos, a fim de buscarmos algo em comum e universal, a nossa paz.



1 comentários

  1. Sou Cristão porque acredito que existe o único Deus verdadeiro que é Trino e porque eu amo o Deus único.
    Aceitei Jesus como meu Salvador dia:07 de Agosto de 2016 e fui Batizado nas Águas na Igreja Batista Regular no dia 18 de Setembro de 2016.
    vou a Igrejas todas as quartas-feiras e Domingos.procuro seguir a Doutrina de Jesus Cristo escrita nos Evangelhos.
    Aguardo o Retorno de Jesus e o Reino de 1000 anos de Jesus.

    ResponderExcluir