Enquanto Você Dorme



I know that i've been mad in love before


And how it could be with you

Really hurt me, baby, really got me, baby

How can you have a day without a night?

You're the book that i have opened

And now i've got to know much more

Like a soul without a mind in a body without a heart
I'm missing every part

Unfinished Sympathy, Hooverphonic (version cover)


Enquanto você dorme, eu fixo as nuvens que caminham suavemente sobre o céu azul tentando desvendar os teus sonhos, tentando encontrar um espaço entre seu coração e sua mente.
Caminho lentamente descalça sobre as ruas empoeiradas. Tentando ter a esperança de que toda essa fantasia se dissipará. Pois, a cada dia ela tem se tornado mais real do que qualquer coisa sólida que minhas mãos possam tocar.
Mas amanhã, quem sabe tudo esteja como antes? Amanhã talvez você não esteja mais aqui: no meu coração, em minha mente... Tão adsorvo como um fantasma que me assombra enquanto você dorme.

E logo, logo eu estarei adormecida como a princesa que supostamente me chama, e os sonhos não serão os meus em minha própria mente, serão os seus, dominando e roubando qualquer espaço que possa existir dentro de mim.  Secando minhas lágrimas, silenciando meus gritos...

Talvez a gente só se encontre nos sonho... Como sempre foi, uma bela e terna utopia.
Talvez ansiemos por dormir e não desejamos mais acordar.
Acordados, somos como recipientes vazios... Um sem o outro, vazios. Um longe do outro. Sem sonhos; só deveres. Sem o toque ou o perfume do outro.

Acordada eu sou uma lágrima rolando entre meus olhos, sou um grito de agonia e tristeza.
Sou nostalgia carregada do passado que nunca existiu... Sou Melancolia do futuro que nunca será.
Agora resta saber se a saudade permanecerá nesse devaneio corrompido por nós dois, enquanto dormimos e sonhamos...

1 comentários