Como uma Pirâmide





Ela tinha traços finos e delicados, olhos cor do céu e boca feito maçã... Seus cabelos macios e lisos... Era como uma sereia nas águas, ou uma fada nas terras...
Era disso a causa de tanta inveja?
Não! Apenas o jeito menina, obscura, inquietante que transmitia aos demais, é que causava palpitações nos corações alheios... Não importando os sexos, a paixão é unânime.
Uns se apaixonavam por querer perto, desejar e querer o bem... Outros se apaixonavam por querer ser aquele alguém, destruir sua beleza e tentar obter o risco de perfume que ficaria no ar, caso destruíssem-na, desta doce e única magnificência.
Mas ela ia mais longe do que isso... Pois era uma pérola. Inteligente, sensata e sabia. 
Como uma pirâmide, intocável.
Ela poderia ser Joana D'Arc!
Ela podia ser a Estátua da Liberdade...
Não seria agora que ela seria vencida, não mesmo. Pois ela era forte... 
Pois ela era de outro mundo, um mundo que só os escolhidos conseguiriam habitar...
Corrigindo meu efêmero erro, ela é e sempre será!


                                           

0 comentários